Tuesday, May 23, 2006

Hingis vence primeiro torneio após o regresso


A tenista Martina Hingis alcançou, no passado domingo, o seu primeiro triunfo num torneio, desde o seu regresso à competição. A vitória foi obtida em Roma frente à russa Dinara Safina.
Desde 2002, altura em que conquistou o troféu em Tóquio, que a suíça não alcançava nenhum título da WTA. Na final a tenista bateu a russa Dinara Safina, 16ª cabeça-de-série do torneio, pelos parciais 6-2 7-5. Pelo caminho ficaram outras quatro pré-designadas, entre as quais a italiana Flavia Pennetta e a norte-americana Venus Williams.
Com este triunfo a jogadora, ex-número um do mundo, aproximou-se ainda mais de uma possível entrada nas dez melhores do mundo, situando-se agora no 14º lugar do ranking WTA.
A uma semana do início do torneio de Roland Garros, pertenente à categoria de “Grand Slam”, Martina Hingis apresenta-se como uma das grandes favoritas à vitória, num torneio em que já esteve presente por duas vezes na final.


Fontes:

Eurosport
Record

Thursday, May 04, 2006

Frederico Gil nos quartos-de-final do Estoril Open



O tenista português Frederico Gil bateu, esta quinta-feira, o russo Dmitry Tursunov na segunda ronda do Estoril Open e tornou-se, assim, no terceiro português a atingir os quartos-de-final do torneio português.
Depois de uma entrada menos conseguida, onde perdeu o primeiro set por 4-6, o jovem de 21 anos pôs todo seu jogo em campo e, com o apoio do público português, venceu os dois sets seguintes, por 6-4 e 6-1, para alcançar um lugar nos quartos-de-final do Estoril Open. Pelo caminho ficou o russo Tursunov que, para além de ser o quinto cabeça-de-série do torneio, ocupa o 33º lugar do ranking ATP.
Depois de João Cunha Silva, em 1993, e Nuno Marques, em 1995, Frederico Gil tornou-se no terceiro jogador português a marcar presença nos quartos-de-final do torneio luso.
No final do encontro, que teve uma duração de duas horas e 19 minutos, Frederico Gil, em entrevista ao jornal A Bola, considerou esta vitória a mais importante da sua carreira.
Na próxima ronda do Estoril Open, o único representante português, ainda em prova, irá defrontar o primeiro cabeça-de-série do torneio, o argentino David Nalbandian, que na segunda ronda bateu o francês Jeremy Chardy.

Fontes:

A Bola
MaisFutebol

Sunday, April 30, 2006

Sporting da Horta derrotado na final da Taça Challenge


A equipa de andebol do Sporting da Horta foi derrotada, no passado sábado, na final da Taça Challenge. Apesar de ter uma vantagem de cinco golos do jogo da primeira mão, a equipa faialense não conseguiu segurar o resultado e acabou por ser derrotada pelos romenos do Steua de Bucareste.
Depois de uma vitória em casa por 26-21, que trazia boas perspectivas para equipa portuguesa trazer para Portugal o primeiro troféu europeu de andebol, o Sporting da Horta não conseguiu suster a força da equipa romena que, com mais de seis mil espectadores a apoiar, acabou por vencer por 34-27, com dois golos de vantagem no somatório das duas mãos. Só a quatro minutos do final do jogo é que a equipa açoriana permitiu que o Steuau de Bucareste passasse para a frente da eliminatória. Até então, o Sporting da Horta esteve sempre no comando da eliminatória.
No final, enquanto os jogadores e os adeptos do Steua de Bucareste festejavam a conquista da Taça Challenge, os faialenses não conseguiram evitar as lágrimas, depois do sonho ter morrido na praia.
Ao fazer o balanço, a verdade é que ninguém dava nada por esta equipa lusa e o prórpio atirador romeno Sania Alin admitia que quando soube qual era o adversário na final ficou todo o contente, imaginando ganhar a Taça Challenge com facilidade.
Depois do ABC ter sido derrotado por duas vezes na final, o Sporting da Horta levou o andebol português a mais uma final. Ainda não foi desta que o troféu veio para Portugal mas a equipa insular está, sem dúvida, de parabéns. Foi ultrapassando as várias eliminatórias e acabou por perder contra uma equipa que, em casa, teve uma falange de apoio impressionante que a apoiou e muito contribuiu para a vitória final.

Fontes:
MaisFutebol
O Jogo
Record

Wednesday, April 05, 2006

Lucho e Chec disponíveis para Alvalade


A cinco dias do clássico, Sporting – F.C.Porto, as perspectivas dos azuis e brancos não podiam ser melhores. Lucho Gonzáles, o médio portista, continua a recuperar bastante bem da entorse que sofreu frente à Académica de Coimbra e está praticamente garantido em Alvalade. Após duas semanas de recuperação e uma paragem, frente à equipa de Barcelos, o jogador portista está quase apto para o jogo da próxima jornada.
O F.C.Porto retomou, hoje, os treinos e prepara-se para enfrentar o Sporting no já denominado “jogo do título”. Co Adriaanse já se reuniu com a equipa técnica para perspectivar com que jogadores poderá contar no jogo que poderá lançar para a meta final um dos dois grandes candidatos ao título.
Quem parece estar também a recuperar é o defesa, Marek Chec, o esloveno lesionou-se frente ao Gil Vicente, devido a problemas musculares, mas continua a trabalhar bem. Ambos os jogadores vão ser reavaliados hoje pela equipa médica mas as perspectivas são boas.
A ausência de Lucho seria bastante prejudicial para o F.C.Porto, uma vez que o argentino dá cada vez mais provas do seu valor e da importância que tem na equipa do Dragão.
Desta forma, Adriaanse vê alargado o leque de jogadores disponíveis e conta com a sua equipa em máxima força para o jogo do próximo Sábado.

Monday, April 03, 2006

Sporting da Horta apurada para a final da Taça Challenge



Depois de na 1ª mão das meias-finais da Taça Challenge, em andebol, ter vencido por oito golos (32-25) a formação suíça, BSV Berna Muri, o Sporting da Horta assegurou, este sábado, o lugar na final desta competição.
Na 2ª mão das meias-finais, apesar da equipa portuguesa estar a vencer ao intervalo por 12-11, as duas equipas não foram além de um empate a 28 golos. Este resultado foi suficiente para apurar a equipa açoriana para a final da Taça Challenge onde irá defrontar os romenos do Steua Bucareste que eliminaram os croatas do Agram-Medvescak Zagreb.
Com a qualificação, o Sp. Horta torna-se na segunda equipa portuguesa, depois do ABC, a marcar presença na final de uma competição europeia de andebol. Para além disso, pelo segundo ano consecutivo uma equipa portuguesa estará presente na final desta competição.

Sunday, August 07, 2005

Uma Força da Natureza...



Pela sétima vez consecutiva, um facto inédito no mundo desportivo, Lance Armstrong chegou aos Campos Elísos, em Paris, envergando a camisola amarela, que simboliza a liderança da prova francesa. Entre 1999 e 2005 Armstrong apoderou-se do lugar cimeiro do pódio do "Tour de France" e fez história, ultrapassando os recordes anteriores de Hinault e Endurein.
Por sete vezes o ciclista americano, que regressou ao desporto depois de uma luta contra o cancro, superou tudo e todos, sofrendo e pedalando como nenhum ciclista havia feito antes. Lance Armstrong elevou a fasquia neste desporto para um nível elevado e que dificilmente voltará a ser repetido, pelo menos nos tempos mais próximos.
Aos 33 anos Lance Armstrong alcançou um feito que muitos pensavam ser impossível, tendo posto até em questão a participação do americano na edição de 2005 do "Tour de France". A verdade é que Armstrong se bateu como nos tem acostumado, desta vez contando com menos apoio da sua equipa(em menor forma este ano) , ao contrário do que havia acontecido em edições anteriores.
Não haja dúvida que este homem, que em 1995 sofreu um grande choque ao descobrir que tinha um cancro na próstata e que este se havia alastrado aos seus pulmões e cérebro, é uma verdadeira força da natureza e um exemplo para todos. Não só como desportista mas como ser humano, Lance Armstrong tem feito muito pelos outros e prova disso é a sua Fundação que recentemente lançou a campanha LIVESTRONG, acompanhando a moda das pulseiras de plástico.
2005 foi o último ano em que pudemos ver Lance Armstrong nas estradas francesas, naquela a que ele chama a sua Volta favorita, o "Tour de France". A partir do dia em que chegou aos Campos Elísios pela sétima vez, com a camisola de líder envergada, Armstrong decidiu abandonar a estrada e dedicar-se aos seus filhos. É um adeus sentido por todos, quer pela energia do ciclista americano, quer pela sua experiência de vida, quer pelo espectáculo que foi vê-lo durante sete anos como líder indiscútivel da mais difícil prova velocipédica do mundo.

Monday, July 18, 2005

Portugal em destaque nos Europeus de Juniores de Natação

Portugal arrecadou oito medalhas (duas de ouro, duas de prata e quatro de bronze) nos Europeus de Natação que decorreram na Hungria, na cidade de Budapeste. Esta foi de longe a melhor prestação da selecção portuguesa nuns Campeonatos Europeus.
Em grande destaque esteve Diana Gomes que obteve duas medalahs de ouro, uma nos 100 m bruços e a outra nos 200 m bruços. A nadadora, em declarações afirmou: “estou muito, muito feliz. Acho que nunca estive num momentode forma tão positivo como nesta competição. Só sinto uma pontinha de tristeza por não ternadado abaixo do 1.10 minutos. Mas fiquei muito próximo, foram apenas nove centésimos.Antes desta prova criei alguma ansiedade mas correu tudo bem. A outra medalha soube bastante melhor porque são os 200 bruços que gosto mais de nadar, também é uma prova longa e depois há aquela barreira dos 100m a ultrapassar. Ouvir o hino é uma sensação indescritível”.
Outro dos grandes nadadores da comitiva portuguesa foi Tiago Venâncio que obteve três medalhas. Uma de prata nos 200 m livres, e duas de bronze nos 50 e 100 m livres. Em declarações Venâncio afirmou: "Estou muito satisfeito pelas três medalhas (em três provas) que aqui conquistei".
As surpresas vieram da parte de Pedro Oliveira, com a prata nos 200 m costas, e de Carlos Almeida, com o bronze nos 200 m estilos. Estes dois nadadores que estão ainda no primeiro ano da categoria obtiveram grandes resultados ao subirem ao pódio, demonstrando um grande espírito competitivo.
Segundo Luís Cardoso, DTN Adjunto, “Só podemos fazer um balanço extremamente positivo. Sem dúvida que estes foram os melhores Campeonatos de sempre, mais ainda se tivermos em linha de conta a idade dos nadadores. O Pedro Oliveira e o Carlos Almeida, por exemplo, ainda estão no 1º ano de juniores.
De destacar também que os mais velhos, a Diana e o Tiago, mostraram aqui grande maturidade na forma como nadaram as várias fases das provas. A Diana, de resto, esteve ao melhor nível, quer em termos técnicos quer psicológicos. O Tiago também esteve bem pois arrecadou três medalhas.
As medalhas do Pedro Oliveira e do Carlos Almeida constituíram uma boa surpresa, sendo que
ambos demonstraram grande atitude competitiva nas duas provas em que ganharam as medalhas e com sucessivos recordes nacionais de juniores”.
O desporto nacional esteve novamente em destaque, desta vez na natação, mais uma prova de que nem só no futebol o nosso país obtém bons resultados...

Emanuel Silva sagra-se Campeão da Europa em Canoagem

Emanuel Silva sagrou-se no passado fim-de-semana, em Plovdiv na Bulgária, Campeão da Europa de Canoagem de sub-23 em K1 1.000 metros.
O canoísta luso, de 19 anos, fez os 1.000 metros em 3.31,374 minutos, impondo-se por 415 milésimos ao húngaro Gegely Boros e por 1,112 segundos ao irlandês Neil Fleming. O atleta do Clube Náutico Merelim passou aos 250 metros em quarto, mas recuperou progressivamente e a meio da prova já era primeiro, não mais largando a liderança. Em 2004, Emanuel Silva foi vice-campeão europeu nos 1.000 e 500 metros, título que persegue domingo. O ouro agora conquistado junta-se também aos títulos de campeão e vice-campeão do Mundo júnior em 2003, respectivamente nos 500 e 1.000 metros.
O canoísta português é uma das grandes esperanças lusas para alcançar o ouro olímpico e integra o projecto olímpico para os Jogos Olímpicos de Pequim em 2008. No ano passado, em Atenas, Emanuel Silva foi uma das grandes sensações ao obter o sétimo lugar na sua primeira expriência olímpica.

Vanessa Fernandes revalida título europeu de sub-23

"A portuguesa Vanessa Fernandes revalidou este domingo, em Sófia (Bulgária) o título de campeã de Europa de triatlo na categoria de sub-23. Vanessa Fernandes, que em 2004 conquistou o título na Hungria, impôs-se à suíça Nicola Spirig e à britânica Helen Tucker, que concluíram a prova nas segunda e terceira posições, respectivamente. No início de Junho, a atleta portuguesa, oitava classificada nos Jogos Olímpicos de Atenas-2004, conseguiu a sua terceira vitória consecutiva no Triatlo de Madrid, na quinta etapa da Taça do Mundo."

Fonte: www.maisfutebol.iol.pt

Portugal nos Play-offs da Taça Davis

Portugal apurou-se no domingo passado para os play-offs da Davis Cup, em ténis, que poderão dar acesso ao Grupo I, da zona Euro-Africana, da Taça Davis. A selecção lusa derrotou a sua congénere argelina por 3-2, depois de ter estado a perder ao fim do primeiro dia por 2-0.
Depois de um desaire português no primeiro dia de competição, em que Rui Machado e Frederico Gil perderam os seus respectivos jogos de singulares, a selecção portuguesa aproximou-se no segundo dia ao vencer o jogo de pares e no último dia Rui Machado venceu o seu jogo de singulares e deixou a cargo de Frederico Gil a decisão do tie. O tenista portuguÊs começou mal, perdendo os dois primeiros sets, mas ganhou os três seguintes e garantiu, pela primeira vez na história do ténis português, a passagem ao play-off que dá acesso ao Grupo I da Zona Euro-Africana.
No próximo encontro, a selecção portuguesa irá encontrar a Eslovénia e uma destas duas selecções amrcará presença, no ano que vem, no escalão mais alto desta competição.